Candlestick.com.br - O seu portal sobre análise de candles
Home Quem Somos Links Leia nossos artigos Fale conosco
        

Entendendo os gráficos de Candlestick

    Como todos os demais gráficos, um gráfico de Candlestick é montado sobre uma matriz bidimensional com eixos X e Y. A escala vertical demarca a evolução dos valores, enquanto a escala horizontal representa a linha do tempo, que irá marcar os intervalos. Esses intervalos podem ser de qualquer duração que se queira: um dia, uma semana ou "intraday", que são intervalos menores que um um dia (15 ou 30 minutos, por exemplo). Cada um desses intervalos definidos irá compor um elemento gráfico (um candle).

Para formar um candle são utilizados os quatro preços padrão de mercado, considerando o seu comportamento durante o intervalo escolhido:
     Preço de abertura
     Preço de fechamento
     Preço máximo
     Preço mínimo

A distância existente entre o preço de abertura e o de fechamento do período é desenhado no gráfico como uma barra vertical mais larga e recebe o nome de "corpo".
As distâncias entre o preço máximo ou mínimo e a abertura ou fechamento são desenhados como linhas verticais mais finas e recebem o nome de "sombras".
A linha que demarca a distância até o preço mínimo é chamada de sombra inferior, pois fica abaixo do corpo. A linha que demarca a distância até o preço máximo é chamada de sombra superior, pois fica acima do corpo.
Quando ocorre a coincidência entre o preço máximo e o de abertura ou fechamento, essa linha não existe, então dizemos que o candle não tem sombra superior. Da mesma forma, quando ocorre a coincidência entre o preço mínimo e o de abertura ou fechamento, dizemos que o candle não tem sombra inferior.

A cor do candle é definida pela evolução dos preços durante o período escolhido. Se a evolução for positiva (os preços subirem) e o fechamento ficar acima da abertura, o corpo do candle será branco. Esse candle é denominado "candle de alta".
Se, ao contrário, os preços caírem e a posição de fechamento ficar abaixo do preço de abertura, o corpo do candle será preto. Esse candle é denominado "candle de baixa".
Depois que essa técnica foi ocidentalizada, alguns grafistas passaram a utilizar outras cores para representar a alta e a baixa. Hoje é possível encontrar gráficos que representam os dias de baixa em vermelho e os de alta em verde ou azul.

A análise dos gráficos de candles é visual, ou seja, o analista observa no gráfico uma tendência estabelecida e tenta encontrar "figuras" (que chamamos de padrões) que tenham certa relevância ao indicarem a possibilidade de reversão daquela tendência.

        

Política de privacidade   |   Links   |   Em Foco   |   Mural   |   Depoimentos